14 de abr de 2010

Aposentadoria não serve para assitencialismo de dependência

vetar qualquer aumento acima de 6,14% para aposentados

Mantega não é o primeiro a afirmar que o governo não concorda com o índice de 7,7% defendido por alguns parlamentares. Ontem, o ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) rejeitou qualquer aumento acima de 7% para os aposentados que ganham acima de um salário mínimo.

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, foi além: "Eu acho que o presidente vai vetar [aumento acima de 6,14%], mas eu não posso dizer pelo presidente. O nosso compromisso foi feito. Não achamos razoável simplesmente porque tem eleição aí todo mundo queira fazer grandes bondades", afirmou.

***

Enquanto isso, milhares de ex-bandidos que mataram, roubaram e seqüestraram...recebem dinheiro no "Bolsa Ditadura" que passa de bilhões em dívidas. No PNDH3, a palavra "aposentado" é a que menos aparece em todo o documento. Este é o apreço que Lula tem por aposentados que ele engana quando faz seus comícios no sertão, onde a aposentadoria é a unica fonte de renda de toda a família. Este é o Brasil que beneficia a mediocracia (o poder dos mediocres) punindo a meritocracia, ou seja, os idiotas da esquerda estão ricos com o chamado capital alheio e o pobre trabalhador que dedicou a sua vida toda ao trabalho árduo fica com a miséria.


Nenhum comentário: