3 de abr de 2010

Assim caminham as eleições no Ceará

Em nome de uma afinidade política entre o senador Tasso Jereissati (PSDB-ce) e o governador do estado cearense Cid Gomes (PSB-ce), os eleitores do estado vão ficar reféns de uma única opção para as eleições. Sem nenhum nome de peso para concorrer com Cid, teremos de novo que engolir a gestão bonita por fora, podre por dentro. Refiro-me as iniciativas governamentais na segurança do Ceará, onde as viaturas são carros de luxo e os policiais com baixos salários e alto despreparo. Delegacias com um layout Itaú personalité e um procedimento cabaré.

O único nome a desbancar Cid era o do prefeito de Maracanaú Roberto Pessoa (PR-ce). Como Cid tem o apoio do PT e outras legendas socialistas do estado, coube a Roberto Pessoa buscar apoio dos partidos do PSDB e DEM. Sem sucesso ele foi a São Paulo negociar com o presidenciável José Serra (PSDB-sp) o apoio tucano, em troca de palanque para Serra no Ceará. José Serra teria até se animado com a proposta, visto que Cid Gomes fará palanque para a candidata petista Dilma Roussef e o PSDB ficaria no vácuo no Ceará. No entanto, Tasso tratou de melar a negociação em nome de sua amizade com Cid e acabara assim, com a última chance de Roberto Pessoa ser outra opção para as próximas eleições governamentais no estado. Tasso garantira a Serra que ele será seu palanque no estado.

Com isso, Serra fica com um palanque deficiente em quantidade, o que pode decidir eleições, e também em qualidade. O Ceará ficará refém de um único partido e grupo político, visto que as outras opções oferecidas são inelegíveis. O PSOL, por exemplo, lançará uma candidatura folclórica, Soraya Tupinambá, talvez uma inspiração do indigenismo-socialista Evo Morales. O prazo está acabando, a ampulheta está esvaziando-se e nenhuma esperança para o Ceará.

PS: Li sobre a candidatura de Soraya Tupinambá do PSOL-ce no jornal “O Povo”. Fui conferir no site do PSOL-ce e não existe nenhuma menção a tal.


2 comentários:

Sudoku disse...

Como assim, Henrique? E o Coronel Gondim?

Henrique Lima disse...

rsrsrsrs

Não ouvi menção em nenhum jornal a candidatura do carismático Coronel Gondim.

Abs!