13 de abr de 2010

"CORAGEM PARA CONSTRUIR O FUTURO"

“O que ela (a vida) quer da gente é coragem, disse Guimarães Rosa. Coragem para fazer um projeto de País, com sonhos, convicções e com apoio da maioria”, propôs José Serra, durante a reunião nacional do PSDB, DEM, PPS para apresentar sua pré-candidatura aos brasileiros. Vídeo com os nove minutos finais do memorável discurso (ao lado) pode agora ser visto por aqueles que admiram sua folha de serviços prestados ao Brasil. “O Brasil não tem dono. O Brasil pertence aos brasileiros ...Aprendi que nada se compara à sensação de construir algo de bom e duradouro para a sociedade em que vivemos”


2 comentários:

Everardo disse...

Henrique Lima, é difícil distinguir o passado de Serra do da Dilma nos termos do bem e do mal, em face da orientação ideológica, das organizações a que pertenceram e dos objetivos e ideais de cada um. Exceto naquela ética do "arrancar nove unhas é menos cruel do que arrancar dez", essa questão parece ser apenas de grau, de intensidade e não de natureza. Esse esforço chega ao cúmulo de querer alinhar generais da linha dura contra Dilma e deixar que se conclua que "esqueceram" o Serra. Na ditadura, o Serra era mais importante e mais visível e uma comunidade de extrema direita fica ridícula defendendo um "menos" esquerdista na proporção das nove unhas. E o PPS, o antigo partidão? Esses generais guardam ódio ao Sr. Roberto Freire. Até a Opus Dei, a TFP e outros "nazi" estão se alinhando a Serra. Isso chega a ser cômico.

Henrique Lima disse...

Everardo, todo o seu comentário é baseado no seu imaginário lúdico. Nada corresponde, ou tem qualquer linha com o real. Por favor comente o os fatos, não as mais elaboradas conspirações dos documentários só encontrados nas universidades.

Dilma matou, roubou e sequestrou. Serra não fez a mesma coisa.