6 de abr de 2010

Temporal e tragédias no Rio de Janeiro e o Oportunismo Doentio

É incrível como certos políticos importam-se mais com sua imagem do que com a desgraça do povo. Lula, fala para o povo do Rio não uma mensagem de que o governo está empenhado em ajudar o estado, mas diz que o estado carioca está preparado para a Copa de 2014 e para as olimpíadas mais adiante. Como se estas realizações consolasse os que morreram nessa catástrofe.

Para completar Lula aproveita a deixa para alfinetar José Serra, o principal rival de Dilma nas eleições: "É preciso que os administradores públicos desse país levem em conta de que não é possível mais permitir que as pessoas ocupem áreas inadequadas para morar. É preciso antever isso" disse. Essa foi a acusação da oposição paulista para as enchentes em São Paulo. O barbudo estava preocupado em fazer política e não em amenizar os estragos do temporal no Rio de Janeiro.

Além de uma alfinetada em Serra, Lula também joga a culpa nos próprios cariocas por “ocuparem áreas inadequadas”. Agora pergunto: cadê o “PAC” e o “Minha Casa Minha Vida”? Não se pode acusar os governos dos estragos provocados pelas catástrofes, a exemplo dos petistas, mas se pode cobrar uma ação amenizadora e preventiva.

Lula no seu palanquismo doentio aproveita para fazer a propaganda do “PAC2” lançado após o insucesso do “PAC1”: "Vamos trabalhar junto com o governador Sérgio Cabral e com o prefeito Eduardo Paes para que no PAC 2 a gente coloque mais dinheiro para drenagem para ver se consegue daqui 10 ou 15 anos ter uma cidade do Rio menos sofrida".

Ele também não perde a deixa, para dar uma de cabo eleitoral enaltece o “trabalho” do governador Sergio Cabral e do prefeito Eduardo Paes. Para limpar a barra dos dois diz: "Toda a ajuda que o governador e que o prefeito precisar está pronta à disposição. Mas me parece que esse não é o caso, me parece que o estado está preparado para isso", afirmou o presidente.

Sintetizando: Lula preocupou-se em limpar a barra do governador e do prefeito, que são dois palanques de Dilma no estado do Rio. E viabilizou o evento da Copa do Mundo e das Olimpíadas, pois pra ele são duas conquistas dele, pelo simples fato de estar no cargo da presidência. Os erros e derrotas do Brasil são coisa de oposição, mas se a lua eclipsar o sol no céu do Brasil a conquista é de Lula e do PT. 


Nenhum comentário: