30 de jun de 2010

O Índio que abalou as estruturas da tribo petralha!

Fim da novela. Está decidido quem será o vice ao lado de José Serra, o deputado federal pelo Rio de Janeiro do partido do DEM, Índio da Costa. Jovem, inteligente e relator do épico projeto "Ficha Limpa". Enfim, os democratas conseguiram revitalizar os ânimos em torno da campanha de Serra, depois de gerar uma crise, com razão, mas desproporcional e de forma escandalosa. Bola pra frente, o Brasil pode mais!

Mas, como assim revitalizar? Ora, o termômetro do que estou falando são as reações dos petralhas. Estão criticando e tentando dar um status de amador ao vice candidato Índio da Costa. Só que de amador não tem nada este rapaz, como disse acima, ele é o relator do aclamado, pela população e mídia,  projeto "Ficha Limpa".

No Twitter, o petista André Vargas resmunga: "Nao sou fa do cara mas esse INDIO DA COSTA nao serve nem para engraxar a chuteira do ALVARO DIAS.O SERRA ta desnorteado pelas pesquisas". Entendam, eles também não gostaram de Álvaro Dias como vice, mas como sabemos: eles só querem o nosso bem!

No entanto, a opinão que mais me chamou a atenção foi a de: Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência da República
“Simplesmente não conheço. Nunca ouvi falar. Mas eu não ouvi falar em muita gente. Seguramente deve ser alguém que tem mandato, por isso tem reconhecimento da sociedade. E eu sou muito respeitoso dos candidatos. Acho que o DEM vai ficar numa situação muito complexa porque por um lado ele capitaliza por esse deputado que você está dizendo que atuou no ficha limpa, por outro o DEM está cheio de ficha suja.” G1

Uma confissão da inércia da habilidade e mérito de Dilma como candidata e na falta de respeito que ele, Marco Aurélio Garcia, tem por candidatos que nunca passaram pelo crivo da aprovação popular. O reconhecimento do acerto do DEM em escolher Índio da Costa vem na frase final onde ele fala da atuação do deputado no "FIcha Limpa", mas para compensar o declínio do elogio que fez, ele coloca do outro lado de sua balança uma crítica incabível ao DEM. 

Vejam a vida como ela é: a crise na coligação tucana veio antes de as eleições começarem pra valer. Foi ruim? Péssimo. Mas já está resolvida e o que é melhor: antes da guerra começar. Agora é dar um maracujina para Roberto Jefferson (PTB) que continua criticando o DEM e preparar as armas contra os petralhas, que farão de tudo para "ganhar" essas eleições, seja sujo ou limpo, eles não pouparão esforços.

Á LUTA!


Nenhum comentário: