7 de jul de 2010

O BRASIL PODE MAIS! tem que ser dito com mais garra e apetite!

A candidatura de José Serra á presidência transmite uma imagem de preparação, organização e aderência. O que me preocupa é esta palavra: aderência. Tem a aderência de bons partidos e bons políticos, de nome e grande experiência, mas está faltando gana. Aécio Neves, que concorreu dentro do PSDB com José Serra a ser candidato e depois cogitado a ser vice - tornando uma chapa puro sangue - recusou o convite, é um exemplo de aderência e falta de apetite. Ele está ali a disposição do partido, mas não contem com o entusiasmo do mineiro. Parece ainda magoado, se for isso, estará se comportando como um traíra a jogar o Brasil no colo dos extremistas por trás de Dilma.

A militância digital parece mais animada e disposta a divulgar José Serra. O slogan da campanha: "O Brasil Pode Mais!" tem que ser vivificado ainda mais pelos membros da campanha. Afinal, a luta da candidatura de José Serra não é só contra a candidatura petista, mas contra todo o Estado, agora aparelhado e tornado propriedade privada do PT e Lula. 

Um exemplo de que essa garra pela campanha assusta o adversário é o vice Índio da Costa que com sua juventude e vivacidade deu um renovo a campanha de José Serra. Os jornais engajados com o petismo tentam apagar o brilho do jovem político por que sabe que ele dá esse ar de sangue novo na política e isso atrai eleitores.

Pra frente, com entusiasmo, apetite e gana! Por que: O BRASIL PODE MAIS!

Nenhum comentário: