11 de mar de 2011

O Brasil é uma miniatura do mundo

O Brasil é uma miniatura do mundo. Assim começo a escrever e você leitor deverá logo imaginar que escrevo uma loucura geográfica impensável. Não, não me refiro ao espaço físico, apesar do aspecto continental do nosso país. Falo mesmo é da violência, da política e da cultura. Três elementos intrinsicamente interligados.

O levante dos rebeldes no “mundo árabe” contra seus ditadores é visto aqui pelos brasileiros como atos de extrema violência, e é. Mas pelamordeDeus não me venham com essa cara de “graças a Deus no meu país não tem isso”! Enquanto a imprensa força o “momento histórico” quando da volta de dois jornalistas brasileiros presos pelo governo egípcio que passaram por apuros, aqui na nossa terrinha os traficantes queimaram Tim Lopes que recebeu as homenagens mais do que merecidas. Agora imaginem se um desses jornalistas fosse carbonizado e enterrado no Egito ou na Líbia? Além do chororô diplomático seria erguidos bustos, rebatizadas ruas,  avenidas e colégios com seus nomes e imagens.

Enquanto isso na Itália: que coisa feia hein Berlusconi fazendo o bunga-bunga. No Brasil não temos grandes casos de escândalos sexuais na política, mas em compensação na corrupção. Se somos um país permissivo na corrupção não há como ter escândalos sexuais. Não podemos esquecer, porém, o caso “menino do mep” em que há indícios do nos ex-presidente Lula ter tentado contra a pureza sexual de seu companheiro de cela. Bom, Berlusconi faz orgia com meninas em menor idade que de puras nem as unhas e Lula... Na área da falcatrua o PT é uma faculdade.

Foi preciso um terremoto e outro maremoto para matar de uma só vez mais de 1000 pessoas e deixar outras 700 desaparecidas no Japão. O terremoto e o tsunami são eventos naturais de grandes proporções e quase impossível de prevê-los com grande intervalo de tempo. Aqui, uma chuva forte juntando com a incompetência dos poderes públicos fizeram tantos mortos no Rio de Janeiro, mais precisamente em sua região serrana. Tal desastre estava de sob aviso há muitos anos. Imaginem uma tsunami no litoral brasileiro?

Pois é, volto a afirmar o que escrevi no começo desse texto: o Brasil é uma miniatura do mundo. Acho que agora eu deixei bem claro o que eu queria dizer. Fazer o quê, somos um povo feliz.

Nenhum comentário: