23 de abr de 2011

Desindustrialização no Brasil: começou a fuga das multinacionais

Sem desenvolvimento industrial poderoso, o Brasil nunca vai ser um país desenvolvido (José Serra - vídeo). Essa frase foi dita por Serra quando candidato a presidência numa sabatina da Confederação Nacional de Indústria (CNI). Serra alertou também para o perigo da desindustrialização, link.

Passado o calor das eleições, olha só o que anda acontecendo com o Brasil, as indústrias estão fugindo daqui. No Estadão, leia:
Energia cara tira indústrias do Brasil 
O alto custo da energia elétrica, a invasão de produtos chineses e os incentivos tributários concedidos por outros países estão deixando o Brasil em segundo plano na rota de investimentos de empresas multinacionais. 
Estudo feito pelo Estado, com fontes do mercado, mostra que fábricas de setores eletrointensivos - em que o custo da energia é um dos principais componentes no preço final do produto, como alumínio, siderurgia, petroquímico e papel e celulose - estão fechando unidades no País ou migrando para outros locais por causa da perda de competitividade no mercado brasileiro. íntegra

Com essa desindustrialização corremos o perigo de nos tornamos um país majoritariamente importador. Dessa forma a balança comercial tende a fechar sempre no vermelho e tchau superávit e o crescimento será seriamente afetado, todo ano será um PIBinho, quando ele não estiver negativo. Uma das propostas de Dilma na campanha era "erradicar a pobreza", ela está mostrando que sabe é como expandir.

Nenhum comentário: