9 de abr de 2011

A língua mais afiada do jornalismo americano

O EMPRESÁRIO

Existe um sólido instinto que põe o empresário abaixo de todos os outros profissionais e joga-lhe às costas um fardo de inferioridade social do qual não consegue se livrar, mesmo na América. O próprio empresário reconhece esta suposição de sua inferioridade, mesmo quando protesta contra ela. É o único homem, além do verdugo e do gari, que vive se desculpando por sua ocupação, para fazer parecer, quando atinge o objetivo de seu trabalho – i. e., ter ganho uma montanha de dinheiro --, que dinheiro não era o objetivo de seu trabalho.

- 1921
O Livro dos Insultos (H.L. Mencken)

Nenhum comentário: