14 de abr de 2011

Movimento Passa Bola Brasil

Hoje foi dia de falar dos nossos aeroportos e suas preparações para a copa e a situação não é nada boa. O IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) considerou a situação dos nossos aeroportos 'alarmante' e disse que "dos 13 aeroportos em obras para atenderem as cidades sede da copa do mundo de 2014, só 3 estão com o cronograma em dia" ou seja, 10 não conseguirão estar prontos até a Copa 2014.

Pela manhã, houve uma sabatina para aprovar o nome indicado da presidência para comandar a ANAC,  trata-se de Cláudio Simão que responde a inquérito do Ministério Público Federal por denúncias de improbidade administrativa. Como quase sempre as indicações vindas da presidência tem o rabo preso na justiça. 

Com todas essas dificuldades "gerenciais" na gestão da preparação do Brasil para a Copa de 2014, a pressão do governo ficará ainda maior e medidas emergenciais custam mais caro e dão mais trabalho para aprovar, sobrará então, para o Tribunal de Contas da União (TCU), um dos últimos órgãos federais que ainda não se rendeu ao governo petista. Na pressa de quem não se preparou, o TCU pode virar o bode expiatório de um eventual desastre nacional.

Com o passar do tempo e essa leniência do Estado que banca tudo e superfaturado, o que deve crescer no país é o Movimento Passa Bola Brasil, ou seja, a presidência pede desculpas a nação e admite seu despreparo para um evento dessa magnitude e solicita a FIFA a sua desistência e conseqüentemente a escolha de outro país. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Adorei. Continue a divulgacao, quem sabe?