25 de mai de 2011

Dilma: de Mãe do Pac á Mãe da Favela. Um governo para os pobres, pela pobreza

Favela do Rio de Janeiro vai se chamar Dilma, Favela Dilma. Não, não é ferir o princípio da impessoalidade, os próprios moradores decidiram homenagear a presidente. Mas atentem, não é uma crítica é apenas uma forma de chamar a atenção de Dilma para que se instale uma rede de esgoto, rede elétrica e as condições mínimas de sobrevivência, já que vez por outra tem alguém doente na família como relata uma moradora.

A Favela Dilma é só um símbolo do que é a política de saneamento básico no Brasil da era PT no governo, ou seja, ela de fato não existe. Mas o pobrismo tem sua continuidade, leia trecho da reportagem:

Fã de Lula e Dilma, foi Vagner quem teve a ideia de dar o nome da presidente à comunidade. "O governo do Lula e da Dilma é o governo do pobre - e nós somos pobres. Os projetos deles ajudaram muita gente", diz Vagner, que é pastor.

Exato meu caro Vagner, o governo Lula e Dilma é direcionado pra pobreza, para manter a pobreza. O culto a pobreza é mesmo uma lástima. Lembro-me de ter visto alguém na tevê falar mal das favelas e o outro participante logo retrucou: "Ué, você não gosta de favela?!!!" O tal em questão respondeu: "É lógico que não, quero que as pessoas morem com dignidade, num lar digno!"

Se Dilma, abatida em seu coração pela homenagem, atender as reivindicações do moradores, então como exemplo teremos um país de favelas Dilma's e Lula's, já que a grande maioria moram em áreas de risco, sem saneamento básico e longe do que se chama Minha Casa Minha Vida. Em homenagem ao pobrismo petista instalado no seu governo deixo minha contribuição musical.

Nenhum comentário: