22 de mai de 2011

Evidência do fogo-amigo: Até Carta Capital, revista assumidamente com editoriais a canhota, bateu em Palocci.

"Quem, eu? Sim, ele mesmo.
Antônio Palocci, pego em flagrante"
É fato: a crise "Palocci" foi desencadeada pelo fogo-amigo minado pelos interesses internos de membros do PT. O partido tenta ocultar o fato disseminado boatos de que os culpados da crise são pessoas ligadas ao ex-governador de São Paulo, José Serra. Logo ele, que se apressou em amenizar a meteórica ascensão patrimonial do petista, e logo a oposição, tão pequena, reprimida e recolhida na covardia.

Outro fato: exceto a revista Veja, nenhuma outra das revistas semanais trazem na capa o caso Palocci, pois essa manobra do governo petista de blindar uma evidente corrupção de seu ministro mais do que merece as frontes. Ironia que evidencia o saco de gatos que é o partido dos trabaiadores, a revista com linha editorial integralmente canhota, a Carta Capital, não esconde a denúncia e bate, ainda que com uma arma leve como isopor. 

2 comentários:

Anônimo disse...

O CASEIRO

De como todos os poderes da República - Executivo, Legislativo, Judiciário, polícia, imprensa, governo, oposição - moeram Francenildo dos Santos Costa

por João Moreira Salles


http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-25/anais-de-brasilia/o-caseiro

Anônimo disse...

O CASEIRO

De como todos os poderes da República - Executivo, Legislativo, Judiciário, polícia, imprensa, governo, oposição - moeram Francenildo dos Santos Costa

por João Moreira Salles


http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-25/anais-de-brasilia/o-caseiro