27 de mai de 2011

A lista de filmes para crianças de Haddad, este educador bom G maiúsculo

O MEC, de Fernando Haddad, esse educador com G maiúsculo, acaba de divulgar a lista de filmes didáticos que devem ser exibidos nas salas de aula. Como vocês verão, várias disciplinas foram contempladas:

Língua Portuguesa do Povo Diferenciado
Aluga-se moças, de Deni Cavalcanti.
Destacam-se Rita Cadillac, Gretchen, Índia Amazonense e Lia Hollywood

História
Calígula, de Tinto Brass e Bob Guccione

Geografia
O Bem Dotado. O Homem de Itu, de José Miziara

Anatomia
Garganta Profunda, de Gerard Damiano

Religião
O Diabo na Carne da Miss Jones , de Gerard Damiano

Psicologia
O Império dos Sentidos, de Nagisa Oshima

Sociologia marxista
Elite Devassa, de Luiz Castellini

Matemática
Dezenove Mulheres e Um Homem , de David Cardoso

Zoologia
Borboletas e Garanhões , de Alfredo Sternheim

Cultura Brasileira
As Cangaceiras Eróticas , de Roberto Mauro

Diversidade (mesmo!)
Salò - Ou os 120 Dias de Sodoma, de Pasolini

Crítica ao capitalismo neoliberal
Pagando bem, que mal tem?, de Kevin Smith

Crítica ao trabalho escravo ou similar à escravidão
24 Horas de Sexo Explícito, de José Mojica Marins

Socialismo
Sexo em Grupo, de Alfredo Sternheim

Proibições
Fica proibida a exibição em sala da aula das seguintes obras:
- Paixão de Cristo
- Os Dez Mandamentos
- Ben-Hur

Em nome da democracia, estes filmes serão banidos porque expressam, obviamente, uma visão de mundo “judaicocristocêntrica”, incompatível com o multiculturalismo que deve vigorar nas nossas escolas.

Nenhum comentário: