17 de jun de 2012

O egoísmo como a semente do verdadeiro altruísmo

Uma vassoura na mão e um pensamento na cabeça (ah, vá!), estava eu cá com a minha humilde ignorância pensando sobre o altruísmo e os ditos altruístas, -- esses salvadores do planeta, dos animais, das plantinhas, dos pardais, enfim, nesta lista as pessoas sempre estão na lanterna da 3º divisão -- e cheguei a uma conclusão: o núcleo do verdadeiro altruísmo é o egoísmo.

Quem se põe aos cacos para ajudar o próximo o faz da pior forma, com displicência, negligência, insípido e não pode produzir frutos duradouros. Por isso, o egoísmo, no sentido etimológico, deve ser o sentimento de fortificar-se, de pensar com antecedência em si, tornar-se um poderoso provedor e próspero em todos os sentidos, desde financeiro até espiritual.

Para uma ilustração mais nobre do que eu tento repassar, indico a leitura desta brilhante obra A Virtude do Egoísmo da escritora Ayn Rand

Nenhum comentário: