30 de mar de 2015

Sem nenhuma pretensão

Tentarei voltar a escrever por aqui. Pelo menos impor um ritmo, ainda que vagaroso, mas vez por outra discorrer sobre as peripécias de um país que teima em olhar pra trás, feito a mulher de Ló. Porém, sem nenhuma pretensão de ser lido, muito menos de estabelecer uma comunicação com possíveis comentaristas. Não é desrespeito. É uma escolha. Pelo menos tentarei.

Nenhum comentário: